(baseado num artigo de Jeff Cable, no PhotographyBLOG)

1 – Formate o cartão na sua câmera.

Isso é melhor que formatar o cartão no computador e depois colocá-lo na máquina pois ele irá se alinhar com sua câmera fazendo o cartão funcionar corretamente.

2 – Reconheça sua capacidade

Fique de olho no contador para ver quando o cartão estiver quase cheio. Imagens podem ser corrompidas se você tentar utilizar um cartão de memória cheio.

3 – Lembre-se que você pode usar um software de recuperação de imagens

Se por um acaso você formatou o cartão sem querer não fique em pânico, suas imagens não estão perdidas. Com um software de recuperação de imagens é possível recuperá-las.

Se acontecer de formatar o cartão sem querer, retire-o da máquina no mesmo instante e não fotografe mais nada por cima senão você corre o risco de perder de vez suas iamgens pois as novas serão gravadas por cima das apagadas.

4 – Faça uma rotatividade com os cartões em uso ou fora dele

Se você usa múltiplos cartões para fotografar como os fotógrafos profissionais, desenvolva um sistema para saber quais já foram usados e quais estão vazios.

Por exemplo, se estiver usando uma carteira de cartões, coloque os cartões utilizados de cabeça para baixo e os cartões vazios disponíveis para cima. Isso irá garantir que você não pegue acidentalmente um cartão que já foi usado e corrompa as imagens contidas no mesmo.

5 – Use um leitor de cartões

É melhor não ligar a câmara ao computador via cabo USB, pois drena a bateria da câmera.

Além disso, se o cabo USB for desconectado acidentalmente, ele irá interromper a transferência de imagens e possivelmente corromperá as imagens.

Em vez disso, use um leitor de cartão, que é um método muito mais rápido, mais seguro e mais eficiente.

6 – Tente não apagar imagens da câmera

Se há uma imagem que você não gosta, não exclua-a na câmara.

Escolha um cartão de memória de alta capacidade, que permite filmar de forma ininterrupta durante mais tempo que você não precisa gastar espaço de tempo de compensação durante a filmagem.

É mais eficiente esperar até que você tenha baixado as imagens para seu computador, assim você pode deletar as imagens pelo sistema operacional e não pela câmera.

7 – Não retire o cartão da câmera muito cedo

Quando você estiver pronto para transferir as imagens do seu cartão para o computador, aguarde até que a luz vermelha que indica a transferência de imagens foi desligada antes de remover o cartão de memória de sua câmera.

8 – Não entre em pânico

Se o cartão ficar molhado, não entre em pânico. Desde que os cartões de memória são todos feitos de memória de estado sólido, sem partes móveis, eles são extremamente duráveis.

Se o seu cartão molhar tenha certeza de secar o produto antes de colocá-la em qualquer equipamento elétrico.

9 – Backup primeiro

Quando você fotografou imagens que são muito importantes para você, ou você fez fotos para um cliente pagador, certifique-se de manter as imagens no cartão de memória até que você tenha feito o backup das imagens.

Para a maior paz de espírito, você deve fazer backup em múltiplos discos rígidos em seu computador e de preferência faça backups em vários locais.

10 – Etiquete seus cartões

Coloque etiqueta em seus cartões de memória com o seu nome e número de telefone para que, se extravia-los, exista uma melhor chance de você poder recuperá-los.